Pensamentos

A única maneira de ter um amigo é sendo um.
(Ralph Waldo Emerson)

Distante de Deus e de suas vontades

terça-feira, 9 de junho de 2015



Lucas 15.11-32

Um dos maiores atributos dados por Deus ao homem é a liberdade. O ser humano é livre para andar com Deus ou para distanciar-se de Deus. Foi isto mesmo que o filho mais moço decidiu fazer. Veja os versos 11-13.

E Deus respeita essa liberdade, e por isso o pai reparte os bens, mesmo sem ser esta a sua vontade.

Mas ao distanciar-se de Deus, o ser humano desperdiça todo seu potencial e caminha na vida aprofundando carências e somando perdas e mais perdas (verso 13-14)

Exatamente como o filho mais moço, o homem tem sofrido e passado por humilhações, apesar de continuar sendo tão amado por Deus.

Algo semelhante já aconteceu com você? Você gostaria de compartilhar?

A tentativa equivocada de resolver o problema

Em vez de se arrepender e voltar, o jovem da parábola, como a maioria de nós, fica tentando encontrar soluções paliativas (verso 15-16) 

Às vezes precisamos chegar ao fundo do poço, para nos rendermos aos propósitos de Deus para nossa vida e experimentarmos um genuíno arrependimento. Só podemos retornar aos propósitos originais de Deus para a nossa vida através do arrependimento. Sem arrependimento, não há possibilidade de restauração.

O que é arrependimento?

• É mudança de mente: é cair em si e reconhecer o erro, como vemos no verso 17. Quando pensava que podia viver bem e feliz separado do pai, estava “fora de si”, por isso precisou “cair em si”.
• É mudança de atitude: decidir pelo certo e tomar atitude corretiva, como ele fez nos versos 18 e 19. Quando alguém está verdadeiramente arrependido, sabe que não tem mais direitos ou mérito, e que depende da graça de Deus. O jovem saiu de casa exigindo tudo, agora volta abrindo mão de tudo.
• É demonstrar fruto de arrependimento. O filho pródigo falou que voltaria e pediria perdão e realmente fez isto (veja o verso 21). Arrependimento não é apenas intenção, mas sempre envolve atitude diferente.

Há alguém aqui que está sofrendo porque não tem se arrependido de fato, se afastando de pessoas e de Deus? Gostaria de compartilhar?

Como Deus trata o arrependido?

• Com misericórdia. Veja o verso 20. O pai o abraçou e o beijou!  
• Com perdão restaurador. O pai dá ordens para que lhe sejam trazidas roupas novas e muito mais. Veja o verso 22. Roupa nova significa vestidura nova, cobertura, dizendo que o amor perdoador de Deus cobre multidão de pecados de alguém sinceramente arrependido. O anel no dedo significa a restauração da autoridade de filho (perdão sempre restaura autoridade espiritual) e as sandálias significam a reafirmação de que ele é filho e não escravo  
• Com restauração plena da comunhão e do relacionamento. No verso 23 diz que o pai manda preparar um novilho e oferece uma festa. Isto é símbolo de Deus oferecendo ao arrependido a sua comunhão e da festa que há no céu quando um pecador se arrepende.
• Deus trata o arrependido que volta pra Ele como um verdadeiro filho, porque o Pai nunca 
terá filhos de segunda categoria. Ou é filho de Deus ou não é! Nunca será meio filho, um filho mais ou menos. Se é filho, tem direito a tudo.

Você pode notar a diferença entre só perdoar e perdoar e restaurar? Em sua opinião qual a diferença entre perdoar e restaurar?

Igreja Pentecostal Herdeiros de Deus

0 comentários:

Receba atualizações por e-mail

 

Copyright © Vivendo o IDE All Rights Reserved • Design by Dzignine
best suvaudi suvinfiniti suv