Pensamentos

A única maneira de ter um amigo é sendo um.
(Ralph Waldo Emerson)

494 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE DO SEC XVI

segunda-feira, 31 de outubro de 2011
Hoje, dia 31 de Outubro de 2011, comemoramos 494 anos da Reforma Protestante. Mas ao que esta data comemorativa deve nos reportar? Quando olhamos para a Reforma Protestante do século XVI, nos deparamos imediatamente com a insatisfação do monge Martinho Lutero diante das discrepâncias entre a Palavra de Deus e as práticas do cristianismo de sua época. Foi num contexto de profundas heresias, exploração da fé e promiscuidade, no qual o conceito de cristianismo estava totalmente deturpado, que no dia 31 de outubro de 1517 Lutero afixa suas 95 teses na porta da Catedral de Wittenberg, na Alemanha.
Estas teses estavam embasadas em ao menos cinco princípios teológicos fundamentais para Lutero: as Escrituras, a fé, a graça, Cristo e a glória de Deus. Estes pilares são de fundamental importância para nossa experiência de fé num mundo cada vez mais corrompido pela ausência do temor ao Senhor e cada vez menos conhecedor da Sua palavra. Vejamos!
SOMENTE A ESCRITURA (Sola Scriptura)- A Bíblia é a nossa regra única de fé e prática. É nela que encontramos a revelação de Deus para nossas vidas. Todo cristão deve ter acesso a esta revelação, dedicando-se ao estudo e a meditação, contando com a ação do Espírito Santo em sua vida. A Palavra de Deus é o meio que Deus utiliza para nos conduzir à revelação da Sua graça maravilhosa e sublime.
SOMENTE A GRAÇA (Sola Gratia)- “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef. 2:8-9). Não há nada que nós, seres humanos, possamos fazer para obter a salvação. Assim como não há o que fazer para que Deus nos ame mais ou menos. Estávamos mortos em nossos delitos e pecados e Deus providenciou, graciosamente, um meio de retornarmos à Sua presença. Fomos justificados pela morte de Jesus em nosso lugar. O preço foi pago, sem que precisássemos apresentar nada em troca. Lutero afirmava que “a graça de Deus nos livra da culpa, do poder e da presença do pecado”.
SOMENTE A FÉ (Sola Fide)- “O justo viverá por fé” (Rom. 1:17). A fé é o meio pelo qual tomamos posse da salvação. Jesus Cristo é o autor e consumador da nossa fé, a qual recebemos como um dom, um presente de Deus, de forma gratuita. Não são as obras que nos tornam salvos, mas a fé advinda do toque vivificador de Deus em nossas vidas. As obras passam a ser uma conseqüência de um relacionamento íntimo com Deus, obedecendo ao novo mandamento de amarmos a Ele acima de todas as coisas e ao nosso próximo (Jo. 13:15). Lutero afirma que pela fé “somos livres de tudo e servos de todos”. A fé verdadeira é aquela que tem Cristo como centro, o enviado de Deus Pai, o qual também enviou Seu Espírito Santo a nós, para que recebêssemos poder e fôssemos Suas testemunhas (Atos 1:8).
SOMENTE CRISTO (Solus Christus)- “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.” (Atos 4.12). Há apenas um mediador entre Deus e os homens e este é Jesus Cristo, o filho de Deus. Apenas Nele há salvação para os nossos pecados. Lutero enfatiza que não são nossas obras, ídolos, promessas ou ritos que nos conduzem a Deus, mas a presença do Cristo ressurreto em nossas vidas.
SOMENTE A DEUS GLÓRIA (Soli Deo Gloria)- Tudo o que existe e acontece tem o propósito de glorificar a Deus. Nós, criados à imagem e semelhança de Deus, somos meios da manifestação desta glória. Quanto mais nos aproximamos de Cristo, mais a glória de Deus se manifesta em nós e através de nós e nos tornamos, efetivamente, sal da terra e luz do mundo.
Para Calvino, outro reformador de grande relevância em nossa tradição reformada, a “Igreja reformada, está sempre se reformando”. Por isto, o desafio ao comemorarmos o aniversário da Reforma Protestante, é o de reafirmarmos seus pilares e vivê-los em nossas vidas diariamente, verdadeiramente. Nós somos a Igreja reformada! Eu e você! O templo vivo do Espírito Santo de Deus. Ler e estudar as Escrituras, viver na perspectiva da graça, fortalecer cada dia mais nossa fé em Cristo, glorificando a Deus com nossas vidas. Isto é a Igreja Reformada! Não nos enganemos! Não precisamos de uma reforma de conteúdos. Eles já estão postos e afirmados pela Palavra de Deus. É necessário refletirmos sobre as necessidades de nossa sociedade e darmos respostas cristãs a ela, inovando, re-forma-ndo, dando uma nova forma, sem jamais abandonarmos o conteúdo genuíno da Bíblia, nossa regra única de fé e prática. Que este desafio seja encarado com seriedade por mim e por você, cristãos reformados, sempre nos reformando.

Pastor Oldrey Gabriel


By Thiago Morandi

0 comentários:

Receba atualizações por e-mail

 

Copyright © Vivendo o IDE All Rights Reserved • Design by Dzignine
best suvaudi suvinfiniti suv